Início do conteúdo

Marcia Perozini da Silva Castro  -  marciaperozini@camaraipatinga.mg.gov.br

Marcia Perozini da Silva Castro
marciaperozini@camaraipatinga.mg.gov.br


Marcia Perozini da Silva Castro

(31) 3829-1201
413
Barra de São Francisco - ES
23/10/1967

Início Fim Partido Votos
01/01/2017 31/12/2020 PMDB 2506
  1

 

Márcia Perozini é pastora titular e coordenadora do Ministério das Igrejas do Evangelho Quadrangular do Vale do Aço e Caratinga (IEQ), além de uma das idealizadoras e presidente de honra da Instituição Filantrópica Casa da Provisão, que é atualmente o braço social para cuidar de algumas entidades na região.

Eleita com 2.506 votos, está no seu primeiro mandato como vereadora pelo partido MDB, no qual legislará até 2020. A vereadora e pastora Márcia Perozini é casada com o pastor Fernando Castro, juntos,  exercem o ministério pastoral na IEQ Veneza, “Catedral da Paz”, onde é também a sede do ITQ – Instituto Teológico Quadrangular.

É mãe de quatro filhos: Lidia Perozini, Izabel Perozini, Israel Perozini e Caio Castro. Capixaba, nascida em Barra de São Francisco, no Norte do Espírito Santo, é a primogênita dos cinco filhos do metalúrgico Erasmo Correa da Silva e Anízia Perozini, ambos falecidos precocemente, com 41 e 52 anos, respectivamente. De família humilde, chegou a vender quadros artesanais para custear as mensalidades e apostilas da faculdade. Graduada em Pedagogia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), também deu início ao curso de Direito pela Fadipa (Faculdade de Ipatinga).

Ao concluir os estudos na faculdade, a pastora exerceu a função de professora da rede municipal de ensino em Contagem, na Grande BH, por 10 anos. Antes de vir para o Vale do Aço, em 1998, também dirigiu o Instituto Teológico Quadrangular em Governador Valadares e atuou como coordenadora estadual da DEBQ (Departamento de Educação Bíblica Quadrangular).

Em 2007, foi nomeada Secretária Municipal de Educação e ganhou destaque, quando a educação ipatinguense  recebeu um dos maiores índices de aprovação. Em 2009, ao disputar a cadeira de vice-prefeita de Ipatinga, a parlamentar teve uma aceitação considerável, e honrou a representatividade cristã para a qual foi eleita. A pastora também esteve diretamente na presidência da Casa da Provisão (Instituição social) por alguns anos, onde conseguiu realizar grandes conquistas sociais, por meio de campanhas de arrecadação, distribuição de donativos e impactos evangelísticos a famílias carentes de várias cidades e estados, mas com atenção especial ao Vale do Aço.

Eventos religiosos como Sermão da Montanha e Ministros Labaredas de Fogo, organizados por meio da coordenação da pastora, ganham grande repercussão e alcance quando realizados. Para 2017, ao longo dos quatro anos no legislativo, a ideia agora é lutar pelos direitos da família e ampliar o apoio social, além de fiscalizar o Executivo e apresentar ou votar projetos de amplitude coletiva e que honre os interesses dos munícipes.

A pastora Márcia atende no gabinete 413, no 4° andar da Câmara de Vereadores.

Comissão Início Fim Função
COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO E TOMADA DE CONTAS 01/01/2017 31/12/2018 Vice-Presidente
COMISSÃO DE SAÚDE PÚBLICA, TRABALHO E BEM-ESTAR SOCIAL 02/01/2017 31/12/2018 Vice-Presidente
COMISSÃO DE URBANISMO, TRANSPORTE, TRÂNSITO E MEIO AMBIENTE 01/01/2017 31/12/2018 Suplente
COMISSÃO DE CONTROLE DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DO MUNICÍPIO 01/01/2017 31/12/2018 Suplente

 

PROJETOS DE LEI

Projeto de Lei Nº 035/2018    “Dispõe sobre direito de assistência religiosa em estabelecimentos que especifica”.

Projeto de Lei Nº 014/2018    “Dispõe sobre direito de assistência religiosa em estabelecimentos que especifica e dá outras providências”.

Projeto de Lei Nº 020/2017    “Luta de combate à Hipertensão, pois esta pode causar doenças renais, cardíacas, Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outras complicações.

De acordo com as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS), uma dieta saudável de um adulto não pode ter mais de 2 gramas de sódio por dia. Entretanto, no Brasil, a média de consumo diária é de 4,46 gramas.

O agravante é que 70% disso é adicionado aos alimentos pelo próprio consumidor, em forma de sal de cozinha.

“O sal retém água no organismo e piora a reatividade do tecido que recobre todos os vasos. Uma ingestão aumentada também pode causar inchaço e descontrolar a pressão arterial”, explicou a cardiologista responsável pelo programa de insuficiência cardíaca e transplante cardíaco do Imip e do Real Hospital Português, Deuzeny Tenório.

O Projeto de Lei Nº 020/2017 "Dispõe sobre a proibição da exposição, nas mesas e balcões, de recipientes que contenham sal de cozinha (cloreto de sódio) nos estabelecimentos que comercializam alimentos preparados para o consumo imediato, como bares, restaurantes similares, no Município de Ipatinga".

 

 

 

 

 

 

MOÇÃO DE APLAUSOS

Moção de Aplausos Nº 069/2017            Propõe Moção de aplauso em comemoração aos 66° aniversário da Igreja do Evangelho Quadrangular. 

REQUERIMENTO

Requerimento Nº 004/2017     Requer Audiência Pública com objetivo de discutir o tema "Transporte Público no Município de Ipatinga

Requerimento Nº 012/2017     Requer questionamentos referentes ao Empréstimo contraido pelo Poder Executivo Municipal junto ao Banco BDMG para a realização de obras de infraestrutura no Bairro Nova Esperança.
Autores:  Jadson Heleno Moreira , Márcia Perozini da Silva Castro, Nardyello Rocha de Oliveira

Início do rodapé